Política

Cartaxo anuncia retorno de atividades no comércio, shoppings e praias em João Pessoa

Transporte coletivo funcionará aos domingos, mas será restrito apenas para os profissionais de saúde.




Foto: Kleide Teixeira/Secom-JP

A partir da próxima segunda-feira (13), o comércio de João Pessoa poderá reabrir suas portas. O horário será reduzido e o funcionamento será permitido das 9h às 15h. Já os shoppings vão abrir entre 12h e 20h. Em relação às atividades esportivas, os jogos do Campeonato Paraibano de Futebol e atividades físicas na orla de João Pessoa também estão liberados. Todos estes anúncios foram feitos pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV), na tarde desta sexta-feira (10). Esta será a terceira fase de flexibilização e as revisões ocorrem a cada 15 dias.

Os estabelecimentos só poderão atender pessoas com máscaras, respeitando a limitação de uma pessoa a cada dez metros quadrados e disponibilizando álcool gel. Nos shopping centers também só poderá ter acesso quem estiver usando máscara. A temperatura corporal dos clientes deve ser aferida e é preciso respeitar o distanciamento de dez metros quadrados nas lojas. A Prefeitura também determinou a retirada de itens como bancos, sofás e poltronas. Praças de alimentação poderão continuar funcionando apenas com delivery ou drive thru e áreas de lazer como os cinemas e as academias, instaladas dentro dos shoppings, seguem fechadas.

Academias seguirão fechadas. Por causa da reabertura da orla marítima, no período entre 5h e 8h, os profissionais de educação física podem atuar na condição de personal trainer, orientando atividades individuais em espaços onde seja possível a realização de exercícios ao ar livre. A recomendação, neste caso, é que os equipamentos das chamadas ‘Academias de Saúde’, que estão instalados nas praças, não sejam utilizados por causa do risco de contaminação. O acesso à areia e ao mar seguem proibidos.

Poderão ser praticadas atividades físicas individuais na calçada da orla, sendo proibido o uso de bancos ou levar cadeiras. As praças também estarão abertas para prática de esportes individuais, não sendo permitido o uso de bancos e equipamentos de ginástica ou de recreação instalados nos espaços públicos.

O transporte coletivo funcionará aos domingos, mas será restrito apenas para os profissionais de saúde. A atividade será retomada já neste domingo (12). Para a população em geral, a última determinação dada pela Prefeitura segue valendo, com o uso sendo autorizado apenas de segunda a sábado.

As feiras livres e a atividade dos ambulantes não estão liberadas ainda. Inicialmente, ambas estavam previstas para esta terceira fase da reabertura. Mas, de acordo com Cartaxo, isso vai ficar para a próxima fase, pois os órgãos da Prefeitura e o Comitê de Crise ainda seguirão elaborando protocolos, principalmente no quesito higienização. Os escritórios de profissionais liberais estarão 100% liberados, assim como os serviços públicos não essenciais.

De acordo com a apresentação do coordenador da Central de Orientações contra a Covid-19, Felipe Proenço, houve uma alteração no Plano de Flexibilização para o segmento de atividades religiosas. Antes, as igrejas poderiam receber 30% de fiéis nesta terceira etapa e na quarta, 100% da capacidade. Mas, na orientação apresentada agora, a quarta fase passará por novos protocolos e não mais terá a quantidade máxima de frequentadores.

Os bares e restaurantes continuarão fechados ao público, funcionando apenas com delivery e drive thru. A previsão é que a reabertura aconteça apenas na quarta fase.

A abertura do Parque Zoo Arruda Câmara (Bica) também ficará para a última etapa. O mesmo vale para as academias de ginástica, cinemas, museus e teatros. As atividades educacionais também continuam sem atividades presenciais.

 

Plano Estratégico

 

O Plano Estratégico teve início em 15 de junho, após o fim do isolamento social rígido, com ações planejadas e regras de ouro para garantir a segurança da população e evolução da cidade no enfrentamento à pandemia. Entre elas, o distanciamento social, ou seja, 1,5m de distância entre funcionários e clientes, priorização do trabalho remoto para colaboradores de risco e demarcação de espaço nas filas, além de medidas de higiene como disponibilização do álcool 70% e uso obrigatório de máscaras.

Na primeira etapa, retornaram à atividade segmentos como o comércio atacadista, a construção civil, concessionárias, revendas de veículos e locadoras, e empresas de assistência técnica, além de atividades religiosas com 30% da capacidade.

Na segunda etapa, iniciada em 29 de junho, as lojas de material de construção passaram a funcionar com a permanência simultânea de um cliente a cada 10m² de área do estabelecimento. Outros setores como dos profissionais liberais e atletas profissionais retomaram ao trabalho e treinos, respectivamente, seguindo protocolos e observando as medidas de prevenção. Já para as atividades religiosas, foram mantidos os critérios da primeira fase, ou seja, 30% da capacidade.

Os ônibus do transporte público coletivo também regressaram nesta última segunda-feira (6), como parte da segunda etapa do Plano de Flexibilização, com novas medidas de segurança e higiene nos ônibus e paradas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.