Política

Câmara de Vereadores de Patos retoma atividades nesta quinta-feira

Reabertura dos trabalhos contará com presença do prefeito Dinaldo Wanderley.




A Câmara Municipal de Patos, na região do Sertão, retoma nesta quinta-feira (1º) suas atividades em abertura para os trabalhos de 2018. A primeira sessão está programada para às 19h e deverá contar com a presença do prefeito Dinaldo Wanderley. Devido o registro de chuvas na cidade, parte do teto da Casa Legislativa ficou danificado e a sessão será realizada no auditório no Fórum Miguel Sátyro, no Centro da cidade.

O presidente da Câmara de Vereadores, Sales Júnior, revelou que o calendário de sessões não sofrerá mudanças devido à campanha eleitoral de 2018. Segundo o parlamentar, o foco do legislativo deve se manter para os problemas da cidade. “Esperamos que o período deste ano seja produtivo para o legislativo. O calendário de sessões não terá modificações em questão das eleições de outubro e o objetivo central da mesa diretora será de manter o foco para os assuntos públicos da cidade”, disse.

Ainda de acordo com Sales Júnior, a formação das comissões para definição da pauta no legislativo deve ocorrer apenas na próxima semana. “A expectativa é que a formação das comissões ocorra na sessão da próxima terça-feira. Hoje o momento será solene para o início dos trabalhos, sem apresentação de proposituras, mas a partir da próxima semana vamos trabalhar no sentido de organizar a pauta administrativa e definir com os líderes de cada bancada as prioridades”, explicou.

Reforma

O plenário da Câmara de Vereadores de Patos passou por reforma durante o mês de janeiro e teve parte do espaço reservado para bancada ampliado para os parlamentares. De acordo com a mesa diretora, o espaço era pequeno para quantidade de vereadores, uma vez que o prédio havia sido projetado para acomodar onze parlamentares. Com a mudança na legislação, a cidade tem hoje 17 representantes.

A reforma realizada na Casa Legislativa incluiu mudanças no plenário e pequenos reparos na parte do teto e na estrutura elétrica e hidráulica do prédio. A obra de reforma teve o custo de R$ 74 mil e foi realizada com recursos próprios.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.