Política

Câmara aprova 18 projetos

Entre os projetos aprovados está a doação do terreno do antigo Matadouro Municipal, para construção de um conjunto habitacional. 




Um acordo de lideranças das bancadas de situação e oposição garantiu ontem a aprovação de 18 proposituras, entre projetos de lei e resoluções, pela Câmara Municipal de Campina Grande. Do Poder Executivo, os vereadores aprovaram a doação do terreno do antigo Matadouro Municipal, no bairro de Bodocongó, para o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) construir 540 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida.

De autoria de Tovar Correia Lima (PSDB), foi aprovado projeto que torna obrigatória a destinação de locais para estacionamento de pessoas portadoras de deficiência. Outra propositura do tucano institui a realização dos exames de urina tipo 1 e creatina sanguínea para a prevenção da doença renal crônica na rede municipal de Saúde de Campina. Os parlamentares aprovaram proposta de João Dantas (PSD), determinando a isenção de taxa de estacionamentos rotativos (zona azul) para idosos. Foi aprovado projeto de Fernando Carvalho (PT do B), obrigando a instalação de balanças digitais em estabelecimentos que vendem alimentos a peso cuja medição não tenha acompanhamento do consumidor.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.