Política

Calvário: Ivan Burity é transferido para Média de Mangabeira após audiência de custódia

Secretário de Turismo entregou o cargo a João Azevêdo após prisão, nesta quarta.




Audiência de custódia de Ivan Burity na Operação Calvário (Foto: Zuila David/TV Cabo Branco)

Audiência de custódia de Ivan Burity na Operação Calvário (Foto: Zuila David/TV Cabo Branco)

O secretário Executivo de Turismo do Estado, Ivan Burity, será transferido para a Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, mais conhecido como a Média de Mangabeira, na zona sul de João Pessoa. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (9) pelo juiz da 1ª Vara Criminal da capital, Adilson Fabrício, durante audiência de custódia, que também manteve a prisão de Eduardo Simões Coutinho, diretor administrativo do Hospital Geral de Mamanguape.

Tanto Ivan quanto Eduardo Coutinho foram presos na manhã desta quarta-feira, em João Pessoa, em desdobramento da quinta etapa da Operação Calvário, coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba, que teve como alvo contratos do governo da Paraíba com o Instituto de Psicologia Clínica e Educacional (Ipcep), braço da Cruz Vermelha Brasileira (CVB), além de contratos com a Educação. A ação aconteceu em João Pessoa, Santa Rita, Mataraca e em mais quatro Estados.

Em resposta à Operação Calcário, o governador João Azevêdo (PSB) determinou a intervenção nos Hospitais Regional de Mamanguape e Metropolitano de Santa Rita. Em nota, o governo informou que a medida visa a preservar as instituições e manter os serviços hospitalares com o devido atendimento à população. Também em desdobramento à Operação, Ivan Burity acabou entregando o cargo de secretário do Turismo.

A Operação Calvário chegou a Ivan Burity através da delação premiada feita pelo ex-assessor da Secretaria de Administração do Estado, Leandro Nunes Azevêdo. Auxiliar nos governos de Ricardo Coutinho (PSB), desde a prefeitura, e mantido por João Azevêdo (PSB), na atual gestão, Ivan Burity é apontado como recebedor de propinas. A influência dele ocorreria tanto em contratos da saúde, quanto da educação, com destaque para esta última.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.