Política

Calvário: delator da Cruz Vermelha detalha propina para Gilberto e Waldson

Daniel Gomes também faz menções a Romero Rodrigues e a Ricardo Barbosa.




Declarações de Daniel foram dadas em depoimento ao MP (Foto: Reprodução)

Novos trechos do depoimento de Daniel Gomes da Silva, um dos principais delatores da Operação Calvário foram divulgados nesta quinta-feira (19). Empresário ligado à Cruz Vermelha Brasileira, ele detalha pagamentos de propina ao ex-secretário de Saúde e de Planejamento e Gestão, Waldson de Souza, e também ao ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro. Ambos foram presos na terça-feira (17).

Sobre Gilberto Carneiro, Daniel Gomes, relatou ao Ministério Público, inclusive, uma ajuda para que o ex-procurador mativesse vivo o desejo de se tornar desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Veja o vídeo no blog do jornalista Suetoni Souto Maior.

Com relação a Waldson, o empresário afirma que o ex-secretário recebeu propinas pagas pela Cruz Vermelha Brasileira. O ex-secretário teria também sido sócio de um escritório de advocacia que fez contratos com prefeituras. (Assista ao trecho do depoimento sobre Waldson).

Daniel Gomes também implica dois personagens que não são diretamente investigados na Operação Calvário. Ele confirma um suposto pagamento de propina de R$ 150 mil para a campanha do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD). A prefeitura disse que essa informação é mentirosa. O trecho em que Romero é citado pode ser assistido no Blog Pleno Poder.

Um outro político citado pelo empresário é o deputado Ricardo Barbosa (PSB). O líder do governo na Assembleia Legislativa é o terceiro deputado a ser citados nas investigações. Segundo ele, o parlamentar teria usado o escritório de fachada criado por ele e Waldson de Souza para fazer contratos com prefeituras paraibanas, para receber dinheiro ilícito. Veja o vídeo no blog de Suetoni.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.