Política

Barbosa assume hoje a presidência do STF

Solenidade contará com a presença de diversas autoridades políticas, entre elas a presidente Dilma; Barbosa é o 1º presidente negro do Tribunal.



Agência Brasil
Agência Brasil
Após a cerimônia, Barbosa será homenageado pelas associações representativas dos magistrados

O Supremo Tribunal Federal (STF) terá hoje o primeiro presidente negro de sua história com a posse do ministro Joaquim Barbosa, 58. No tribunal desde 2003, quando foi indicado pelo ex-presidente Lula, será o 44º presidente do tribunal e ocupará o posto até novembro de 2014.

A solenidade deverá contar com a presença dos presidentes da República, Dilma Rousseff, da Câmara dos Deputados, Marco Maia, e do Senado Federal, José Sarney, além de conselheiros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e de diversas autoridades dos três Poderes da República.

Na ocasião o ministro Ricardo Lewandowski também toma posse no cargo de vice-presidente da Suprema Corte. Barbosa será o 6º presidente do CNJ, desde a criação do órgão em 2005.

Durante a cerimônia, que começa às 15h, Barbosa deverá apresentar as prioridades de sua presidência, como, por exemplo, focar "grandes questões" e os julgamentos dos chamados recursos com repercussão geral, mecanismo que permite ao STF escolher um caso específico que terá efeito em diversos processos semelhantes.

Após a cerimônia, na sede do tribunal, Barbosa será homenageado pelas associações representativas dos magistrados. Desde ontem, ele acumula a relatoria do processo e a presidência da corte, que assumiu interinamente desde sexta-feira, quando Carlos Ayres Britto formalizou sua aposentadoria compulsória.

Barbosa nasceu em Paracatu (MG), filho de uma faxineira e de um caminhoneiro. Mudou-se para Brasília, onde cursou o ensino médio, em uma escola pública, e a faculdade de direito, na Universidade de Brasília.

Na UnB, fez mestrado. Depois disso, obteve o título de doutor em direito público pela Universidade de Paris 2.

Antes de ir para o STF, foi por quase 20 anos integrante do Ministério Público Federal. (Com informações da Folhapress)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.