Política

Aprovado projeto que proíbe uso de celular por alunos em escolas de Sousa

Proposta semelhante foi aprovada em 2009 pela ALPB, mas lei nunca foi cumprida.




Projeto de lei aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal proíbe o uso de aparelhos celulares por alunos, nas salas de aula da rede de ensino, no município de Sousa, no Sertão da Paraíba. O prefeito Fábio Tyrone tem 30 dias para sancionar ou vetar a propositura.

O autor do projeto, vereador Ananias Vieira (MDB), justifica parlamentar que a utilização dos telefones, na sala de aula, é uma ameaça à concentração dos alunos os quais prestam mais atenção ao conteúdo disponibilizado nos aplicativos em detrimento dos conteúdos ministrados pelos professores.

“Essa lei, quando for sancionada, vai ajudar aos diretores de escolas e aos pais, porque irá disciplinar os jovens com relação ao uso do celular, que se for usado de forma errada se torna prejudicial”, explica Ananias.

Estado

Em 2019, a Assembleia Legislativa aprovou um projeto de lei, apresentado pelo então deputado Nivaldo Manoel, proibindo o uso de telefone celular nas escolas da rede pública e privada do Estado da Paraíba. Apesar de sancionada, a lei nunca foi executada na prática.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.