Política

Apesar da crise, Gervásio nomeia mais 110 comissionados

Dentre os nomes está a ex-deputada Nilda Gondim e parentes de autoridades. 




Apesar de alegar problemas financeiros para quitar débitos da gestão anterior da Assembleia Legislativa da Paraíba, o presidente Gervásio Maia (PSB) disponibilizou nesta sexta-feira (24) um Diário do Poder Legislativo suplementar com a nomeação de mais de 100 comissionados. A nomeação tem efeito retroativo a 1º de março. Dentre os nomes estão de políticos não eleitos a parentes de autoridades de outros poderes.

Ao todo são 110 novos comissionados. O maior número de servidores incluídos na folha da Assembleia são para o cargo de assistente operacional, mas há também indicados para a assessoria jurídica da Procuradoria e de outros setores da Casa, como a assessoria especial da presidência, para a qual foi nomeada a ex-deputada federal Nilda Gondim (PMDB). 

Na nova lista de comissionados também constam a esposa do secretário de comunicação do estado, Luiz Torres, Mirna Barbosa, além de outros profissionais da imprensa que trabalham na TV Assembleia, como Alana Cardoso Beltrão e Márcia Cabral. A nora do conselheiro Nominando Diniz, do Tribunal de Contas do Estado, Rafaella Gadelha, também figura na lista. 

O primeiro “lote” de comissionados, contratados na gestão de Gervásio Maia foi nomeado no último dia 24 de fevereiro, mas com data de 10 de fevereiro e efeito retroativo a 1º de fevereiro.

Os ocupantes de todos os cargos da estrutura operacional da Assembleia Legislativa tinham sido exonerados em uma portaria publicada no começo de fevereiro, logo após a posse de Gervásio Maia. Se esperava que o presidente só fizesse as novas nomeações em março, como forma de garantir uma economia de recursos.  

 
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.