Política

Aguinaldo Ribeiro assume a liderança do PP na Câmara Federal

Parlamentar paraibano vai indicar os oito deputados do partido que vão participar da comissão do impeachment.



Felipe Gesteira
Felipe Gesteira

O deputado paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP) foi eleito ontem por aclamação como novo líder do PP na Câmara dos Deputados. Ele indicará oito parlamentares do partido para Comissão do Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e vai ampliar o debate interno na bancada sobre as medidas do ajuste fiscal, dentre elas a CPMF. 

“Eu sou contra o impeachment da presidente, pois ela não praticou irregularidades. Todavia, a bancada está dividida sobre o tema. Diante disso, a indicação será proporcional de acordo com a posição dos 42 parlamentares da bancada”, adiantou Aguinaldo, que descartou voltar ao governo federal como ministro da Integração.

Quanto à volta da CPMF e das medidas do ajuste fiscal, o líder do PP assinalou que vai promover um amplo debate na bancada antes das votações. “A volta à liderança da bancada do meu partido é mais um desafio na minha trajetória, principalmente nesse ano, que será de dificuldades e com matérias relevantes para o nosso país. Vou ser um intérprete da soberania da nossa bancada no plenário”, disse Aguinaldo, que também prometeu continuar a luta por mais recursos para a Paraíba. 

A eleição consensual ocorreu após a retirada da candidatura do deputado Cacá Leão (PP-BA), que fora o mais votado no primeiro turno. Na primeira etapa da disputa para líder no dia 17, o deputado Cacá Leão ficou com 17 votos. Em segundo lugar, houve empate entre o oposicionista Esperidião Amin (PP-SC) e o ex-ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Cada um recebeu 11 votos. Amin e Aguinaldo desistiram.

Depois, Ribeiro voltou à disputa e queria enfrentar no voto Cacá Leão. “Na reunião antes da votação, o presidente nacional do PP, senador Ciro Gomes, pediu para Cacá Leão retirar a candidatura e ele o atendeu. Eu ia ganhar no voto, mas foi melhor o consenso”, afirmou Aguinaldo.

TRAJETÓRIA

Aguinaldo Ribeiro, filho do ex-prefeito de Campina Grande e ex-deputado Enivaldo Ribeiro, foi deputado estadual da Paraíba por dois mandatos consecutivos (2003 a 2011). Também se elegeu deputado federal em 2010, sendo reeleito em 2014, sempre pelo Partido Progressista (PP).  Em 2011, foi escolhido líder da legenda na Câmara Federal. Depois, assumiu o comando do Ministério das Cidades em substituição a Mário Negromonte, do mesmo partido, em fevereiro de 2012. Deixou a pasta em 17 de março de 2014 para concorrer a um novo mandato. Aguinaldo também foi secretário da prefeitura de João Pessoa e do governo do Estado.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.