Policial

Tumulto na Penitenciária Máxima de JP termina com três feridos

Presos entraram em confronto durante o banho de sol de hoje. Eles foram feridos por golpes de espetos artesanais. Ainda pela manhã, o GPOE iniciou um ‘pente fino’.




Um tumulto na Penitenciária de Segurança Máxima Criminalista Geraldo Beltrão, mais conhecida como Máxima de Mangabeira, em João Pessoa, terminou com três detentos feridos na manhã desta segunda-feira (8). De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), os presos entraram em confronto durante o banho de sol.

O gerente do Sistema Penitenciário, Marcos Barros, disse que a briga envolveu presos de duas celas. “Provavelmente a confusão foi causada por alguma rixa anterior entre eles. Três detentos acabaram feridos por golpes de espetos artesanais”, contou. Ele ainda ressaltou que os ferimentos não foram graves e os detentos receberam os cuidados médicos na própria unidade prisional, sem que houvesse a necessidade de que eles fossem levados ao hospital.

A confusão foi contida por agentes e depois teve início uma operação ‘pente fino’, realizada pelo Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE), com ajuda do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar, para tentar encontrar outros espetos e materiais ilícitos nas celas. Até o final da manhã a ação ainda não tinha sido encerrada.

Segundo Marcos Barros, toda a Máxima é monitorada por câmeras de segurança o que facilitou a identificação de todos os envolvidos na confusão. O gerente contou ainda que eles devem ser apresentados à polícia e denunciados por tentativa de homicídio.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.