Policial

Travestis são detidos por assalto na orla; casos são frequentes

Episódios, geralmente envolvendo assaltos, já resultaram em prisões isoladas, mas os casos passaram a se tornar mais frequentes.




Karoline Zilah

Diariamente, as delegacias da orla de João Pessoa recebem queixas de supostos crimes cometidos por travestis que atuam oferecendo programas nas avenidas João Maurício e Edson Ramalho, em Manaíra. Os episódios, geralmente envolvendo assaltos, já resultaram em prisões isoladas, mas os casos passaram a se tornar mais frequentes.

Na madrugada desta quinta-feira (23), foi registrada mais uma ocorrência do tipo, desta vez no calçadão da praia de Manaíra. Duas pessoas foram detidas: Bruno de Sousa Lima, de 21 anos, conhecido como ‘Luana’, e um adolescente de 17 anos que também se vestia de mulher.

A vítima relatou à 12ª Delegacia Distrital de Manaíra que passava de carro pela avenida João Maurício e precisou diminuir a velocidade porque o motorista de um outro veículo em sua frente parou para falar com os acusados, e outro travesti que os acompanhava. Ele relatou que os três se aproximaram e anunciaram um assalto, levando um cordão de prata, um relógio, um telefone celular e R$ 40 que estavam na carteira. A vítima não soube dizer se os travestis estavam armados.

A Polícia Militar flagrou o crime e deteve dois envolvidos. O terceiro jovem que teria participado do assalto conseguiu fugir. O acusado Bruno de Sousa Lima foi encaminhado à 12ª Delegacia Distrital em Manaíra, e foi autuado em flagrante. Ele foi transferido nesta manhã para a Central de Polícia, de onde será levado para um presídio.

Já o adolescente foi para a Delegacia do Menor, onde prestará depoimento. A Justiça vai decidir se ele vai responder por ato infracional equivalente ao crime de roubo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.