Policial

Travesti fica em estado grave após ser baleada no Centro de JP

Em menos de um mês este é o terceiro caso de violência contra travestis registrado na capital paraibana.
 




Uma travesti foi baleada na Rua da República, no Centro de João Pessoa.  Segundo o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), por volta da 1h desta quarta-feira (24) a polícia foi acionada por um funcionário do Palácio da Redenção, que estava de plantão e ouviu os tiros. Ela é registrada como Gleydson  Bruno Teixeira,  de 25 anos, e está internada em estado grave.

Os policiais encontraram a vitima caída no local ferida por quatro tiros. Testemunhas contaram para a polícia que um carro preto se aproximou e o motorista começou a atirar contra a travesti.O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), prestou o socorro e encaminhou a vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde ela segue internada.

O caso desta madrugada foi o terceiro crime contra travestis em menos de um mês, na capital paraibana. Foram uma morte e duas tentativas de homicídios. Destes, apenas um caso levantou a suspeita  de crime de ódio.

O Ciop informou que até ás 11h desta quarta-feira (24) nenhum suspeito foi encontrado.  A polícia vai investigar o caso. 
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.