Policial

Suspeito de matar transexual é detido no São José cinco dias depois

Nome do suspeito e as causas do assassinato ainda não foram informados pela Polícia Civil. Alexandro Lourenço, de 18 anos, foi morto na última terça-feira (16) em João Pessoa.




Karoline Zilah

Um dos suspeitos de matar o transexual Alexandro Lourenço Gonçalves, de 18 anos, no bairro São José, em João Pessoa, foi detido e levado para a Central de Polícia para prestar depoimento e ser submetido a exames de reconhecimento. O nome do suspeito e as causas do assassinato ainda não foram informados pela Polícia Civil. De acordo com a Delegacia de Homicídios, também há indícios de envolvimento de um adolescente, que ainda está sendo procurado.

O crime aconteceu na última terça-feira (16). Alexandro, que se vestia como mulher e era conhecido como ‘Baby’, estava discutindo com duas mulheres quando os tiros foram disparados. A primeira suspeita no local era de que ele tivesse se desentendido com algumas pessoas durante um show no fim de semana anterior.

O jovem foi levado por volta das 16h55 para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas morreu pouco tempo depois de receber os primeiros atendimentos.

As investigações são conduzidas pela Delegacia de Homicídios. O suspeito foi detido no fim da tarde do domingo no mesmo bairro onde o crime aconteceu. Ele poderá ser submetido a exames no Instituto de Policia Científica, além de um processo de reconhecimento por parte das testemunhas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.