Policial

Sequestro relâmpago deixa estudante por 4 horas em poder de bandidos

Estudante de 21 anos passou quatro horas em poder de quatro sequestradores, o rapaz foi ameaçado várias vezes e teve seu carro roubado. Sequestradores fugiram e não foram encontrados.




Da Redação

Um estudante de 21 anos foi sequestrado neste domingo (17) em Campina Grande. De acordo com informações da Polícia, o rapto começou no bairro do Santo Antônio e terminou no sítio Guabiraba. A vítima ficou em poder de quatro bandidos durante quatro horas. Os sequestradores levaram o carro de vítima e fugiram após deixá-lo em um sítio. 

Segundo informações do estudante, que preferiu não se identificar, ele dirigia seu veículo Palio, na avenida Canal nas proximidades da Panificadora Trigo e Companhia, por volta das 14h, quando dois homens armados em uma moto anunciaram o sequestro. O carona da moto abriu a porta do carro e entrou juntamente com dois outros homens que apareceram na hora. O estudante foi obrigado a passar para o banco traseiro do carro, e um dos bandidos assumiu a direção. A vítima ficou rendida por outro homem que estava sob o poder de uma arma

Em seguida os criminosos foram em direção ao sítio Guabiraba. Um dos homens informou que iria abandonar o carro em uma comunidade do bairro Zé Pinheiro. Dois dos sequestradores saíram enquanto outros dois permaneceram com a vítima durante duas horas. Logo após isso o estudante foi liberado.

A Polícia Militar efetuou rondas em busca de encontrar os sequestradores ou o veículo roubado, mas ainda não há suspeitas.

Mais três roubos registrados

Na noite desse domingo ainda foram registrados três roubos de veículos. O primeiro no bairro do Catolé, por volta das 19h45. O funcionário público federal, de 50 anos foi rendido por dois homens armados, nas proximidades da rua Fernandes de Oliveira quando estacionava o seu veículo Vectra prata. Além do carro, os ladrões roubaram o carro e uma carteira com documentos pessoais e do veículo. Foram feitas rondas mas, nenhum suspeito foi encontrado.

O segundo roubo aconteceu no bairro Jardim Tavares, por volta das 20h. O comerciante de 36 anos, informou a Polícia Militar que deixou o seu veículo Astra Sedan, de cor branca, estacionado em frente a uma residência e quando voltou, percebeu que o interior do veículo do carro teria sido violado, foram levados uma bolsa contendo documentos pessoais, uma carteira e uma quantia de R$ 800. Ninguém soube informar nada sobre o roubo.

A terceira ocorrência foi registrada por volta das 20h45, no bairro do Catolé de Boa Vista. A vítima um autônomo de 43 anos, foi rendido por dois homens armados quando trafegava nas proximidades do sítio Cacimba Nova. Os dois homens tomaram por assalto uma camioneta D20, de cor azul. De acordo com informações da Polícia Militar o dono do veículo ainda saiu em perseguição dos ladrões em uma motocicleta, porém nenhum suspeito foi localizado.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.