Policial

Professor de escola pública é preso suspeito de furtar os alunos

Trio preso pela polícia nesta sexta era composto pelo professor que se relacionava com o ex-presidiário e também mantinha um vínculo afetivo com uma mulher.




Um professor de uma escola estadual localizada em João Pessoa, foi preso na noite de quinta-feira (19) sob a suspeita de planejar e executar furtos contra os próprios alunos. Valdeci Paiva da Silva, de 38 anos, dava aulas na Escola João José da Costa, no bairro da Torre. Também foram presos um ex-presidiário, de 29 anos, e uma mulher, de 27.

O trio foi preso em uma ação da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de João Pessoa, comandada pelo delegado Tércio Chaves. As investigações começaram há três meses e ganharam mais força após a Polícia Civil ter acesso a um áudio gravado por uma funcionária da escola, através de um telefone celular. Na gravação, Valdeci planeja os furtos com os outros dois criminosos.

Ainda segundo a polícia, além da associação criminosa havia uma relação amorosa entre o trio. Valdeci se relacionava com o ex-presidiário Luciano Oliveira, que por sua vez também mantinha um vínculo afetivo com Elizângela Guedes, a mulher que também foi presa. Além dos alunos da escola, eles tinham como alvo pessoas que em tese são mais vulneráveis, como idosos e mulheres.

A polícia confirmou que Valcedi cometeu crimes contra os próprios, mas ressaltou que ainda não tem a informação que isso tenha acontecido em sala de aula. Os três também são suspeitos de furto em estabelecimentos comerciais.

Os três foram encaminhados para a Central de Polícia de João Pessoa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.