Policial

PRF intensifica combate à Lei Seca com Operação Semana Santa

Operação Semana Santa começa à meia-noite da quinta-feira (9). Polícia Rodoviária vai aumentar número de agentes nas estradas. Confira dicas para uma viagem segura.




Karoline Zilah
Com assessoria da PRF

Começa nas primeiras horas da quinta-feira (9) em todo o território nacional a Operação Semana Santa 2009 da Polícia Rodoviária Federal. As ações educativas para motoristas e a intensificação das fiscalizações estendem-se até o final do domingo (12).

A PRF alerta os motoristas: durante todo o feriadão a polícia vai usar todo mecanismo de segurança disponível, inclusive aumentando as inspeções pertinentes ao álcool e à direção, bem como no excesso do limite de velocidade. Para isso, os 268 agentes operacionais vão contar com apoio de policiais que trabalham na área administrativa para fazer rondas de patrulhamento móvel em locais estratégicos.

O posto de Bayeux, no km 32 da BR-230, se antecede à operação e realiza nesta quarta-feira (8) o Comando Educativo, com distribuição de panfletos explicativos com orientações e dicas de segurança no trânsito. Ainda hoje será realizada a noite, uma operação especifica de combate aos motoristas que por ocasião estejam dirigindo sob efeito de bebida alcoólica.

Lei Seca

Do primeiro dia do ano até 7 de abril, a PRF deteve 126 pessoas que estavam dirigindo alcoolizadas nas rodovias federais na Paraíba. Desde que entrou em vigor em 20 de junho de 2008, a Lei nº 11.705, conhecida como Lei Seca, encaminhou 294 infratores para as Delegacias de Polícia. Já com relação ao excesso de velocidade, neste ano, 5.925 veículos foram flagrados pelo radar fotográfico transitando acima da velocidade permitida para o local.

As ações da PRF na Operação Semana Santa 2009 serão voltadas para as rodovias mais movimentadas. Na BR-101, próximo aos acessos para o litoral, BR-104 entre Campina Grande e a divisa PB/PE, na saída para Caruaru, e em toda a extensão da BR-230, principal corredor de ligação entre a Capital e interior do Estado.
 
Na Operação Semana Santa de 2008, foram registrados 55 acidentes com 37 feridos e três mortos. Neste ano, a expectativa da PRF é de que esses números sejam reduzidos.

Confira algumas recomendações da PRF para uma viagem segura

Ultrapassagens

Ter o máximo cuidado e atenção ao decidir fazer uma ultrapassagem e só fazê-la com extrema segurança. Estar atento também para as ultrapassagens dos outros veículos, precavendo-se e mantendo distância de segurança.

Cinto de segurança

Usar o cinto sempre, inclusive os passageiros do banco traseiro. O uso do cinto por todos os ocupantes do veículo, além de obrigatório pelo CTB, evita que os passageiros sejam projetados contra partes do veículo ou contra outros ocupantes em caso de acidente, ou que seja jogado para fora do veículo, aumentando a possibilidade de traumatismos.

Chuva

Em caso de chuva, a atenção deve ser redobrada pelo motorista. Reduzir a velocidade é a primeira precaução. Mesmo de dia acione os faróis, isso facilita que você seja visto pelos demais veículos, e mantenha os limpadores de pára-brisas acionados em velocidade suficiente a garantir a boa visibilidade.

Condições do veículo

Antes de viajar esteja certo de que seu veículo está em condições de fazer a viagem. Revise a parte mecânica e elétrica, especialmente os itens de segurança, como funcionamento dos freios, iluminação (farol, lanternas de posição e freio, buzina, limpador de pára-brisa) condições da suspensão (amortecedores, terminais de direção) e o estado dos pneus, que devem estar dentro dos limites de uso que ofereçam segurança. Não esqueça também de assegurar-se de que o condutor e o veículo estão devidamente licenciados para trafegar. Confira sua documentação.

Motociclistas

Devem ter cuidado redobrado com os limites de segurança, usar sempre o capacete de segurança homologado pelo Inmetro, devidamente fixado e roupas de proteção adequadas, tanto o piloto quanto o garupa, lembrando ainda que é obrigatório transitar sempre com os faróis acionados. Não faça zigue-zagues e nem ultrapassagens pela direita.

Condições do motorista

Evite pegar a estrada após as grandes refeições, pois há tendência de haver sonolência; se não estiver se sentindo bem (mau estar, dores, cefaléia) descanse um pouco ou entregue o volante a outra pessoa habilitada e em boas condições. Se tiver feito ingestão de bebida em excesso no dia anterior, certifique-se de que está totalmente recuperado.

Fique atento à sinalização

Ela é sua guia nas rodovias. Observe os limites de velocidade recomendados, os trechos em declive, os locais de ultrapassagem proibida, os trechos sem acostamento, os entroncamentos e os pontos de fiscalização. Mantenha distância segura do veículo que vai à sua frente.

Trechos em obras

Nos trechos em obras, diminua a velocidade e redobre a atenção, pois podem haver bloqueios parciais da rodovia, homens e máquinas trabalhando sobre a pista e áreas sem pavimentação.

Nos trechos em duplicação, atenção e prudência redobradas, principalmente com as ultrapassagens, pois áreas liberadas precariamente para o tráfego de veículo podem ter deficiência temporária de sinalização vertical e horizontal.

Não combine álcool e volante

Dirigir sob efeito de álcool ou outra substância entorpecente é crime sujeito à detenção, além de ser uma das principais causas de acidentes e mortes no trânsito, portanto, se for dirigir, não beba. Se beber, não dirija.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.