Policial

Preso acusado de roubar agências dos Correios no Sertão do Estado

Homem, foragido federal, foi preso com armas e munições horas depois de assalto à agência de Vista Serrana. 




Um homem de 23 anos, suspeito de praticar roubos contra agências do Correios na Paraíba, foi preso no início da tarde desta sexta-feira (26) na cidade de Vista Serrana, no Sertão paraibano. O homem foi flagrado com armas de fogo horas depois de um assalto contra a agência da cidade. Segundo a Polícia Civil, ele já foi preso outras vezes e era foragido da justiça federal, também suspeito de roubo em agências dos Correios.

De acordo com o delegado seccional da Polícia Civil de Patos, Sylvio Rabelo, os policiais faziam buscas quando flagraram o suspeito com uma espingarda de fabricação caseira em um carro. Além dessa arma, o homem teria confessado estar em posse de outra em casa, onde a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e 13 munições.

"Depois que ele foi autuado por posse e porte ilegal de arma, nós consultamos os dados dele e descobrimos que havia um mandado de prisão da justiça federal expedido contra ele por causa de um assalto aos Correios da cidade de Jericó, no Sertão da Paraíba”, disse o delegado. Além disso, o suspeito já havia sido preso na operação ‘Febre Amarela’ da Polícia Civil, no ano de 2012, na cidade de Pombal, suspeito de tráfico de drogas”, destacou.

Ainda segundo Rabelo, o preso é o principal suspeito do assalto aos os Correios de Vista Serrana, no Sertão, que ocorreu na manhã de hoje. “Neste assalto, dois homens chegaram na agência em uma moto, roubaram a arma do vigilante e anunciaram um assalto, levando uma quantia em dinheiro. Acreditamos que ele fez parte dessa ação, pois já é investigado por este tipo de crime, estava nas redondezas momentos depois do assalto e estava com armas de fogo. Ele será encaminhado para o presídio Romero Nóbrega, em Patos”, afirmou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.