Policial

Presa dupla suspeita de assassinar albergados por disputas de território

Prisão foi realizada pelo Grupo Tático Especial (GTE) e Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional de Esperança.




Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento com o duplo assassinato de dois albergados ocorrido na cidade de Remígio, Agreste do Estado, na última segunda-feira (16). As informações estão de acordo com a Polícia Civil (PC), que prendeu os suspeitos na terça-feira (17). Ainda conforme a PC, a dupla presa confessou o crime e alegou que ele teria sido motivado em virtude de uma disputa por pontos de venda de drogas na região. 
 
A  prisão foi realizada pelo Grupo Tático Especial (GTE) e Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional de Esperança. Segundo o delegado seccional Henry Fábio, após terem praticado o duplo homicídio, os suspeitos ficaram escondidos em uma casa no município de Arara, também no Agreste, e ao serem detidos contaram os detalhes da ação. 
 
“Os albergados estavam vindo para serem recolhidos em Esperança quando foram assassinados por conta de disputa por pontos de vendas de drogas em Remígio, Arara e outras cidades vizinhas. Eles confessaram tudo, disseram que estavam sendo ameaçados e acabaram pormenorizando o trabalho da polícia”, comentou o delegado. 
 
Ainda conforme o delegado, foram presos Rodrigo Soares da Silva, 22 anos, apontado como o autor do disparo, e também Alef  Filipe de Sousa , 22 anos, que estava pilotando a moto no momento do crime. Com eles foi apreendida uma arma de fogo, uma moto e algumas munições.
 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.