Policial

Polícia prende homem acusado de crimes no Brejo

Bandido que é acusado de homicídios reagiu a prisão e trocou tiros com a PM, com ele foi apreendido um revólver calibre 38.




Uma operação policial na região do Brejo paraibano conseguiu prender um dos homens apontados pela polícia como sendo um dos mais perigosos da região. Acusado de roubos, latrocínio e homicídios, Márcio de Oliveira Gomes, de 32 anos, conhecido como ‘Márcio Monstro’, estava foragido desde dezembro do ano passado do Presídio Regional João Bosco Carneiro, no município de Guarabira.

Ele resistiu à prisão e chegou a trocar tiros com a polícia, mas foi preso na manhã de ontem na cidade de Solânea.

Junto com ele foi preso Carlos Antônio Galdino, de 25 anos, o “Lagartixa”.

Após uma denúncia anônima, a 2ª Companhia da Polícia Militar da cidade descobriu que o fugitivo estava escondido na zona rural, residindo no Sítio Pissarreira.

Durante as buscas, os policiais prenderam o acusado em flagrante de posse de um revólver calibre 38.

“Ele reagiu à prisão e efetuou disparos contra a polícia, mas desistiu e acabou se entregando por volta das 8h da manhã desta sexta-feira”, explicou o Soldado Edmilson.

O presidiário estaria residindo há cerca de um mês na região, desde sua fuga do Presídio Regional de Guarabira, quando recebeu a permissão para a saída temporária no período natalino em dezembro do ano passado, e não retornou para aquela unidade prisional.

Ele havia sido preso por um duplo homicídio e sentenciado pela Justiça a 34 anos de prisão. Além disso, era conhecido pelos constantes assaltos, ameaças e agressões na região, entre as cidades de Cacimba de Dentro, Araruna, Solânea e proximidades. O preso será agora reencaminhado ao Presídio Regional de Guarabira.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.