Policial

PC investiga morte de jovem no Cariri

Vítima estava sozinha na rua Boa Ventura Braz nas imediações do cemitério, quando foi esfaqueada.




A Polícia Civil investiga um assassinato por vingança, no Cariri paraibano, ocorrido no último domingo de manhã nas proximidades do cemitério de Sumé. O ex-presidiário Adilson da Silva Evangelista, 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu após ser ferido com várias facadas no bairro Alto Alegre.

A vítima estava sozinha na rua Boa Ventura Braz nas imediações do cemitério, quando foi esfaqueada. Um suspeito já foi identificado, mas não teve o nome revelado.

Segundo a Polícia Civil de Monteiro, que atendeu a ocorrência, o ex-presidiário teria uma rixa com o suspeito, devido a uma briga ocorrida na semana anterior. Por causa disso, os dois chegaram a ficar presos na cadeia pública de Sumé e tinham sido libertados na última sexta-feira.

Até o fechamento desta edição, o suspeito não havia sido preso.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.