Policial

Pai é suspeito de matar filha em Boqueirão por causa de terreno da família

De acordo com informações da polícia, os dois conviviam há pouco tempo.




Mulher que teria sido morta pelo pai, em Boqueirão, na Paraíba, tinha 36 anos. Foto: Reprodução/TV Paraíba

Uma mulher de 36 anos foi assassinada na noite desta terça-feira (29), na Zona Rural de Boqueirão, na Região Metropolitana de Campina Grande. O principal suspeito do crime é o pai dela, identificado como Naldo Vieira. Segundo informações da polícia ao G1, os dois teriam discutido durante o crime por causa de um terreno familiar.

De acordo com informações repassadas pela família à polícia, os dois conviviam há pouco tempo. O suspeito havia se mudado para Boqueirão recentemente, quando passou a ter mais contato com a filha. No entanto, discutiam constantemente por conta do terreno familiar, onde a filha realizava um plantio e o pai não aceitava que ela usasse o terreno.

Durante a última discussão, na noite desta terça-feira o pai pegou uma espingarda artesanal e matou a filha com um tiro na cabeça. Ela ainda foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Boqueirão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Uma perícia ainda será realizada no corpo da vítima e no local do crime.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.