Policial

Operação apreende adolescentes suspeitos de arrastões em ônibus

De acordo com a Polícia Civil outros integrantes da quadrilha já foram identificados e existem mandados judiciais expedidos.




Uma operação da Polícia Civil de Lagoa Seca e da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, apreendeu dois adolescentes suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha investigada por roubos em ônibus na cidade Lagoa Seca, no Brejo paraibano. A última ação do grupo aconteceu no dia 19 de agosto contra 30 passageiros de um ônibus interestadual da empresa São José.

A dupla foi apreendida nesta quarta-feira (2), em uma ação conjunta, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Civil outros integrantes da quadrilha já foram identificados e existem mandados judiciais expedidos. São duas adolescentes e um quinto acusado que está com a arma que foi usada no dia do crime. A operação foi batizada pelo nome de Expresso 157, em alusão ao artigo do código penal referente ao crime de roubo.

De acordo com o delegado Danilo Orengo, o grupo vinha sendo investigado entre as delegacias de Campina Grande e Lagoa Seca, com troca de informações. “O grupo foi identificados através de imagens do assalto que foram divulgadas nas redes sociais. Estes dois primeiros que já foram apreendidos chegaram a negar, mas acabaram confessando em seguida e deram detalhes de todo o planejamento da ação”, disse o delegado.

Ainda de acordo com Danilo Orengo, o que mais surpreendeu a Polícia Civil é que os adolescentes envolvidos na ação, são filhos de comerciantes e pessoas com boas condições financeiras. “São jovens de boa família. Os pais oferecem tudo que é necessário e do melhor, mas mesmo assim acabaram se desviando para este caminho. Isso é lamentável”, destacou ele.

Relembre o caso

 

Na noite do dia 19 de agosto deste ano, um ônibus interestadual da empresa São José havia saído da rodoviária velha de Campina Grande com destino a cidade de Areia, no Brejo paraibano. Ao passar pela cidade de Lagoa Seca, o veículo foi interceptado por dois casais que invadiram o ônibus e fizeram um arrastão, roubando objetos de pelo menos 30 passageiros. Os suspeitos ainda chegaram a efetuar um disparo de arma de fogo dentro do ônibus.  

Atualizada às 12h35


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.