Policial

Menor foi detido e confessa ter matado Felizardo Toscano

Rapaz de 17 anos assumiu sozinho a autoria do crime, mas confessou que estava acompanhado de outra pessoa na noite em que assassinou o advogado.




Da Redação

Foi detido na madrugada desta segunda-feira (21), em João Pessoa, um dos suspeitos de matar o advogado Felizardo Toscano, assassinado no último dia 15, em um apartamento no bairro do Bessa, em João Pessoa.

De acordo com as primeiras informações, colhidas pelo repórter Jorge Filho, da rádio 101 FM, um adolescente de 17 anos confessou ter matado o advogado com três facadas.

O acusado foi apreendido no bairro do Varadouro por policiais da Delegacia de Vigilância Geral e está sendo ouvido pelo delegado Isaías Dantas na Central de Polícia, na manhã desta segunda. O rapaz detido disse que estava com outra pessoa, mas assumiu sozinho a autoria do crime.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, o delegado Isaías informou que “o menor afirmou que foi contratado pelo advogado para um programa, e que queria manter relações sexuais de forma ativa. O suspeito se recusou a ser passivo na relação e, após luta corporal, usou uma faca da casa do próprio advogado para atingi-lo pelas costas.”

Isaías contou ainda que a arma do crime foi jogada na Lagoa do Parque Solón de Lucena. “O adolescente será autuado por latrocínio, já que da casa do advogado foram levados dois celulares e dinheiro”, relatou Isaías Dantas.

Atualizada às 9h36


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.