Policial

Justiça manda soltar conselheiros que estavam na cadeia

Juíza da 4ª vara de Bayeux determinou a soltura dos conselheiros tutelares suspeitos de extorsão, eles responderão em liberdade.




Os conselheiros tutelares do município de Bayeux, Ideltoni Ribeiro Soares, o ‘Tony Cultura’, e Jarbas Coelho foram soltos na noite da última quarta-feira da Cadeia Pública do município, onde estavam detidos sob suspeita de terem extorquido o vereador Nino (PT). Eles foram soltos após decisão da juíza da 4ª Vara de Bayeux, Conceição de Lourdes Cordeiro e devem responder ao processo em liberdade.

O promotor de Justiça, Marinho Mendes afirmou que ouviu na tarde de ontem, o vereador Nino, sua namorada, de 15 anos e familiares da garota. “Eu vou analisar o caso por completo e a princípio vou ouvir o vereador e sua namorada para constatar ou não, se existiu realmente pedofilia, como os conselheiros afirmaram. Existe um inquérito policial, mas eu ainda não o recebi,” explicou o promotor.

Os dois conselheiros são acusados de exigir a quantia de R$ 6 mil ao vereador Nino para que um caso de pedofilia, em que ele estaria envolvido, não fosse investigado. Os conselheiros afirmam que o vereador mantinha um relacionamento amoroso com um garota de apenas 13 anos. Nino revelou que namora uma menina de 15 anos, com o consentimento da família. Ele denunciou a extorsão à polícia. Uma ação policial foi montada, flagrando no dia quatro deste mês, o momento em que o dinheiro seria entregue.

Por enquanto, Tony Cultura e Jarbas Coelho cumprem suspensão do Conselho Tutelar de Bayeux até que o processo administrativo que investiga o crime de extorsão praticado por eles, seja concluído. “A comissão tem 30 dias para emitir uma decisão que pode suspendê-los das ações do conselho e até cassar o mandato dos dois,” disse Davi Coelho, presidente do Conselho Tutelar Municipal.

A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA tentou entrar em contato com Tony Cultura e Jarbas Coelho, mas não obteve sucesso.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.