Policial

Informante da CPI da Pedofilia diz que Andrezza está viva

Informante da CPI da Pedofilia afirmou que a paraibana Andrezza Guedes da Costa, dada como morta pela polícia paraibana há cerca de dez anos, está viva.




Da Redação

O informante do senador Magno Malta (PR-ES) na CPI da Pedofilia na noite desta quarta-feira (6) afirmou categoricamente que a paraibana Andrezza Guedes da Costa, dada como morta pela polícia paraibana há cerca de dez anos, está viva e faz parte da quadrilha do traficante Fernandinho Beira-Mar.

Após a declaração ter sido publicada pela mídia nacional, o pai de Andrezza, Sebastião Guedes da Costa, procurou a imprensa local para reafirmar que sempre acreditou que sua filha estava viva. "As pessoas achavam que eu estava ficando louco, mas eu sempre soube", disse inconformado.

O pai disse ainda que espera que o caso seja reaberto na Paraíba para que a polícia possa descobrir o que realmente aconteceu com Andrezza. A respeito da participação da filha num grupo criminoso, Sebastião afirmou que "se ela está no mundo do crime é porque foi forçada.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.