Policial

Grupo paraibano invade delegacia no RN e faz policiais reféns

Polícia Militar do Rio Grande do Norte está suspeitando que a quadrilha que assaltou a agência dos Correios da cidade seja paraibana.




Ana Dayra Teixeira e João Paulo Medeiros
Do Jornal da Paraíba

Em menos de 24 horas, duas quadrilhas formadas por assaltantes paraibanos e norte-rio-grandenses provocaram destruição e cenas de terror, em ações ousadas praticadas na divisa entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte.

Os criminosos explodiram a agência do Banco do Brasil da cidade de Campo de Santana (antiga Tacima), no Agreste paraibano, durante a madrugada da terça-feira (28) e, horas depois, um grupo invadiu a delegacia, rendeu os policiais e assaltou a agência dos Correios do município potiguar de São João do Sabugi. Para a polícia, os ataques demonstram que os bandidos têm usado cada vez mais as divisas dos Estados nordestinos para praticar os crimes.

No município de São João do Sabugi (RN), um grupo paraibano invadiu a delegacia, rendeu e fez reféns dois policiais e em seguida assaltou uma agência dos Correios, localizada no Centro da cidade. O grupo, formado por cerca de oito homens armados de fuzis, escopetas calibre 12 e pistolas, chegou até o município com uma Toyota Hilux e um Ford Ecosport, ambos de cor prata, implantando terror à população.

Momentos antes de invadirem a delegacia e assaltar a agência, a quadrilha ateou fogo em veículo e roubou uma Nissan Xterra preta, de placas KKS-8233 de um morador da cidade.

A polícia acredita que o Ecosport utilizado pelo grupo tenha sido adquirido pelos bandidos em um assalto realizado na noite da última segunda-feira na cidade de Santa Luzia, Sertão paraibano. Na fuga, os dois policiais militares, levados de reféns durante a ação, foram abandonados nas proximidades da cidade.

Em Santa Luzia, a polícia informou que o comerciante Naldinaldo Dantas de Medeiros, 42 anos, foi assaltado e os bandidos levaram R$ 12 mil e fugiram no automóvel Ecosport LF 1.6, modelo 2007/2008.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.