Policial

Gerente acusado de planejar homicídio do patrão é detido

Sebastião Cirilo da Rocha Neto foi morto há um mês em um lixão do município de Cruz do Espírito Santo, Zona da Mata paraibana.




Uma operação integrada entre as polícias Militar e Civil conseguiu identificar e prender um homem acusado de planejar a morte do empresário Sebastião Cirilo da Rocha Neto, morto há um mês em um lixão do município de Cruz do Espírito Santo, Zona da Mata paraibana. De acordo com o tenente-coronel Sousa Neto, crime teria sido planejado por Renato Oliveira, gerente da empresa de reciclagem da qual o empresário era proprietário.

O crime continua sendo investigado já que segundo Sousa Neto, mais pessoas podem ter envolvimento na morte de Sebastião Cirilo. A prisão aconteceu no último sábado, em João Pessoa, no momento em que Renato trabalhava na empresa.

O mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça foi cumprido pela delegada Roberta Neiva. O tenente coronel Sousa Neto não contou mais detalhes sobre a prisão, alegando que as investigações poderiam ser prejudicadas. A reportagem do JORNAL DA PARAÍBA tentou entrar em contato com a Polícia Civil, mas não obteve sucesso.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.