Policial

Casal é sequestrado em Santa Rita e mulher acaba assassinada

Corpo foi encontrado próximo ao Conde. Um suspeito de envolvimento no crime foi preso na mesma noite.




Na noite de quarta-feira (21) um casal foi sequestrado na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com o Centro Integrado de Operações Policias (Ciop), os dois foram levados por quatro homens quando estavam próximo à residência e foram colocados em um carro. O homem foi colocado na mala do veículo, mas teria conseguido pular do automóvel em movimento. A Polícia Militar informou que a mulher foi encontrada morta a tiros, amarrada e encapuzada, nas proximidades da cidade do Conde. Um suspeito de envolvimento foi preso na mesma noite.

Segundo a polícia, o grupo teria anunciado um assalto quando o casal chegava em casa, no distrito de Várzea Nova. Os suspeitos teriam pego uma moto onde o homem e a mulher estavam e colocado as vítimas no carro. O homem, de 31 anos, foi posto na mala do veículo e a mulher, de 24, foi para o banco de trás. Ainda de acordo com a Polícia Militar, na cidade de Bayeux o homem conseguiu pular do carro e chamar a polícia.

Segundo o Ciop, cerca de 40 minutos após o sequestro um corpo foi encontrado à margem de uma estrada nas proximidades da cidade do Conde. O homem foi com a polícia até o local e reconheceu a esposa. Ela teria sido morta com quatro tiros na cabeça.

Ainda durante a noite da quarta-feira, a polícia conseguiu prender um suspeito de participação no crime em Bayeux. Ele estaria dirigindo o carro que foi utilizado no crime. O suspeito foi conduzido para a 5ª Delegacia Distrital e, segundo o delegado João Pereira Júnior, foi reconhecido pelo homem sequestrado. O delegado disse, no entanto, que ele nega a participação.

João Pereira Júnior também informou que o proprietário do carro também foi localizado pela Polícia Civil. Ele compareceu à 5ª DD e disse que tinha emprestado o veículo ao suspeito que foi preso. Conforme informações do delegado, o homem sequestrado afirmou que conhecia o dono do carro, os dois teriam cumprido pena juntos. Contudo ele disse que o mesmo não teria participado da ação criminosa.

O delegado da 5ª DD informou que as investigações do caso serão transferidas para a Delegacia de Santa Rita, onde aconteceu o sequestro. De acordo com o Ciop, além da moto, uma quantia de R$ 800 também foi roubada.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.