Policial

Carro explode ao transportar fogos de artifício

Caminhonete explode ao transportar fogos de artifício de maneira irregular. O veículo seria propriedade de um vereador de Guarabira.




Um carro de luxo transportando ilegalmente fogos de artifício da cidade de Guarabira para Campina Grande explodiu na manhã de ontem na rodovia BR-230. O carro seria pertencente ao vereador e presidente da Câmara Municipal de Guarabira, Francisco Ednaldo de Souza Leite, conhecido como ‘Chico Mala’. O veículo Toyota Hilux, de cor prata e placas NNN-9500, do Rio Grande do Norte, ficou totalmente destruído. Ninguém saiu feriu.

O caso aconteceu por volta de 9h30 no km120 da BR-230, próximo à cidade de Riachão do Bacamarte. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o transporte é irregular. O carro era conduzido pelo motorista Luiz Fernando Almeida de Souza, 43 anos. Ao notarem o início das chamas, ele e o dono do veículo saíram do carro antes que ocorresse a explosão. O teto e as portas do automóvel foram arremessados para longe da pista.

O agricultor Severino Leonel Ramos, 52 anos, estava capinando mato próximo ao local quando escutou a explosão. “Eu vi tudo. Quando começou a alastrar o fogo, eles correram pra fora do carro e pararam no acostamento. Na mesma hora explodiu e voou peça pra longe, a porta foi bater lá do outro lado da pista”, afirmou.

O dono do veículo teria se evadido, mas depois se dirigiu à delegacia de Ingá e se apresentou espontaneamente, onde foi lavrada a infração. Fogos seriam vendidos para comerciantes de Campina Grande. A polícia não revelou a quantidade de fogos que estava no veículo.

Segundo o patrulheiro Gilvandro, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista deve responder pelo transporte irregular. De acordo com o patrulheiro Lucena, o transporte em veículo do tipo não é permitido. “Existe toda uma norma para que se faça esse tipo de transporte. Precisa de sinalização, autorização do Corpo de Bombeiros e utilização de vários itens de segurança que não foram respeitados”, afirmou. O vereador Francisco Ednaldo não foi localizado pela reportagem do Jornal da Paraíba para comentar o transporte irregular dos fogos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.