Policial

Bebê de dez meses é baleado junto com o pai que levou seis tiros

De acordo com a polícia, dois homens teriam chegado em frente à casa da vítima, que estava com o filho nos braços, e começaram a atirar.




Maurício Melo
Com Jean Gregório

Um bebê de 10 meses foi baleado no colo do pai numa tentativa de assassinato, na noite desta quarta-feira (23), no bairro São José, em João Pessoa. Apesar de Hospital de Emergência e Trauma se negar a passar informações, a reportagem apurou que pai e filho foram vítimas de 6 disparos.

De acordo com informações da polícia, dois homens teriam chegado em frente à casa da vítima, o ex-presidiário Edson Izidro Araújo da Silva, de 37 anos, que estava com o filho nos braços, e começaram a atirar.

Edson levou um tiro no braço direito, dois na perna direita, um nas costas, um na cabeça e mais um no ombro. Este último atravessou a mão do filho. Os dois foram socorridos por vizinhos e levados para o Trauma. O bebê foi atendido e fará exames para avaliar os danos em sua mão. Já o pai, até o fechamento da notícia estava passando por cirurgia.

No entanto, antes de ser levado para o bloco cirúrgico, Edson disse à Polícia que o mandante do crime seria um homem conhecido por Alemão. Disse ainda que o acusado devia dinheiro a ele e que a cobrança da dívida deve ter motivado o crime.

Em tempo

Logo que a Redação soube, através de internautas, do tiroteio no São José, as buscas por informações começaram. Como uma das testemunhas disse que o bebê havia sido levado para o hospital de Emergência e Trauma, foi para lá que a reportagem ligou.

No entanto, apesar de confirmar a chegada da criança, a recepção disse não poder passar nenhuma outra informação e aconselhou que a assessoria fosse procurada, mesmo com o expediente encerrado.

Por telefone, um dos assessores explicou que somente pela manhã (quando os jornais já estiveram na rua) é que as informações seriam passadas, via boletim, para toda a imprensa. Fato é que as informações ficaram centralizadas com assessores que não dão plantão como os órgãos de imprensa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.