Policial

Bandido finge ser bancário para aplicar golpe em casa lotérica

Suspeito ligou para o local e exigiu que fosse depositada a quantia R$12 mil em uma conta pessoal após ameaçar funcionária.




Um homem que se apresentava como funcionário da Caixa Econômica Federal conseguiu aplicar um golpe contra uma casa lotérica, no bairro de Monte Castelo, na zona leste de Campina Grande. O suspeito ligou para o estabelecimento e após dizer várias informações sigilosas sobre as funcionárias que trabalham no local, exigiu que fosse depositada a quantia R$12 mil em uma conta bancária, o que acabou acontecendo. 

Segundo o relato de uma funcionária, o homem chegou a dizer nomes, endereços, detalhes sobre a vida pessoal e até as roupas que funcionários estavam usando no momento. Com medo das ameças, a funcionária acabou obedecendo à determinação e fez o depósito na conta indicada pelo suspeito, no valor de R$ 12 mil, segundo informou o Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop). 
 
A lotérica fica na rua Mamede Moisés Raia. Depois que a ligação foi encerrada a mulher entrou em contato com a Polícia Militar pedindo ajuda, pois estava com medo de deixar o local. Devido as intimidações feitas pelo acusado, as funcionárias ficaram trancadas no estabelecimento, até a chegada dos policiais.
 
O crime aconteceu no final da tarde de quinta-feira (6), por volta das 16h. Segundo a delegada de defraudações da Polícia Civil de Campina Grande, Maria do Socorro, o caso ainda não foi repassado para a delegacia especializada, até às 8h da manhã desta sexta-feira (7). 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.