Policial

Armas apreendidas crescem 70% nos primeiros meses de 2012

Segundo Polícias Civil e Militar, foram apreendidas 254 armas somente em janeiro e fevereiro de 2012 em toda Paraíba.




O número de armas apreendidas pela polícia nos dois primeiros meses deste ano aumentaram 70% em referência ao mesmo período do ano passado. De acordo com as polícias Civil e Militar, 254 armas foram apreendidas somente nos meses de janeiro e fevereiro do ano de 2012 em todos os municípios da Paraíba, no total, 104 armas a mais que o mesmo período de 2011. Os dados foram levantados pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) e repassados para a Assessoria de Ações Estratégicas (AAE) da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds).

Conforme o Tenente-coronel Júlio César, assessor da AAE, o aumento na quantidade de armas apreendidas pela polícia tem um interferência direta na queda do número de homicídio registrados no estado. “Graças a ações de sucesso, diminuímos a aceleração de crescimento dos homicídios, que passou de 25%, em 2010, para 7%, em 2011”, comentou. Durante todo o ano de 2011 foram apreendidas 2.179 armas de fogo na Paraíba.

Todas as armas apreendidas pela Polícia Militar e Polícia Civil são encaminhadas para o Instituto de Polícia Científica (IPC), para serem submetidas ao exame de balística. "Esse é o procedimento correto e exigido pelo Estatuto do Desarmamento”, explicou o diretor do IPC, Humberto Jorge de Araújo Pontes.

Depois de passar por exame, as armas são enviadas de volta às delegacias e encaminhadas para a Justiça, onde são armazenadas até que sejam remetidas às Forças Armadas para posterior destruição.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.