Policial

Após 4 anos polícia recaptura preso que fugiu do Serrotão durante confraternização

Durante este período em que esteve foragido, Marcos Rodrigues foi apontado como autor de roubos e até estupros, na região de Itabaiana.




Depois de passar quase 1,4 mil dias foragido, o apenado Marcos Rodrigues dos Santos, 30 anos. Ele havia fugido presídio Raimundo Asfora (Serrotão), em Campina Grande, em 10 de dezembro de 2011, quando trabalhava como churrasqueiro em uma confraternização de agentes penitenciários. A captura dele aconteceu nesta terça-feira (6) e a Polícia Civil irá conceder uma entrevista coletiva às 14h30, desta tarde no bairro do Catolé.

As informações sobre a captura do foragido foram confirmadas pelo Delegado Regional da Polícia Civil de Campina Grande, Luciano Soares, que participará da coletiva. Segundo ele, durante este período em que esteve foragido, Marcos Rodrigues foi apontado como autor de roubos e até estupros, na região da cidade de Itabaiana, no Agreste. Quando estava preso, o apenado cumpria uma pena de 14 anos pelo crime de roubo.

A fuga do presídio aconteceu no dia 10 de dezembro de 2011. Marcos Rodrigues trabalhava há 4 anos na cozinha do presídio do Serrotão e foi chamado para ser churrasqueiro em uma festa de confraternização de agentes penitenciários. Ele aproveitou o momento de distração, em que os agentes estavam retirando materiais de uma viatura no retorno para o presídio. O churrasco aconteceu em uma granja próximo a unidade prisional.

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.