Policial

Agentes encontram detento morto em cela do presídio do Roger

Direção suspeita que cenário da morte tenha sido forjado para aparentar um suicídio, mas indícios apontam para assassinato.




Um detento foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (9) na Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, em João Pessoa. De acordo com o diretor da unidade, Lincon Gomes, os agentes encontraram o corpo na cela 2, do pavilhão 4, amarrado e suspenso e também com algumas marcas no corpo. A suspeita é de que a morte tenha acontecido em outra cela e os responsáveis tentaram forjar um suicídio.

O diretor informou que existem indícios de um homicídio e que a simulação leva a crer que seja para dificultar as investigações. A vítima estava cumprindo pena por roubo e falsidade ideológica, há cerca de um mês, na unidade. A identidade do detento ainda não foi divulgada.

Conforme a direção, os detentos da cela 2, onde o corpo foi encontrado, vão prestar depoimento sobre o caso e as visitas marcadas para esta quarta-feira (9) foram suspensas, para facilitar as investigações.

O corpo será encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). As investigações ficarão por conta da Gerência do Sistema Penitenciário da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba e a Delegacia de Homicídios de João Pessoa também vai apurar o caso.

 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.