Policial

Advogado é preso na Festa das Neves por quebrar banheiro químico

Residente do Conselho de Direitos Humanos da OAB na Paraíba teria quebrado um banheiro químico. Amigos saíram em defesa do advogado e relataram outra versão para o ocorrido.




Da Redação

O advogado José Alexandre Ferreira Guedes, que é presidente do Conselho de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados da Paraíba (OAB), Secção Paraíba, foi preso e autuado por desacato à autoridade, desobediência e dano ao patrimônio público na madrugada desta segunda-feira (4).

A confusão aconteceu na Festa das Neves, em João Pessoa, quando policiais que faziam a guarda próximo ao Palácio do Bispo perceberam que um homem estaria depredando um banheiro químico. De acordo com a ocorrência registrada pela 1ª Delegacia Distrital, que fazia plantão nas instalações da 2ª DD, no Centro, o advogado estaria embriagado, quebrando a chutes e socos as instalações do banheiro.

Ao flagrarem o dano, os policiais teriam dado voz de prisão e José Alexandre Guedes teria reagido. O advogado ainda teria alegado que sofreu agressão da polícia, mas os policiais informaram que os machucados que ele apresentava eram resultantes dos golpes contra a estrutura do banheiro.

Os amigos do acusado relatam uma outra versão para o acontecimento, explicando que, ao tentar sair do banheiro, o advogado não conseguiu abrir a porta e teve que empurrá-la, forçando para abrir no momento em que a viatura passou e o algemou.

“Nós estamos indignados com o ocorrido. Como testemunhas presenciais, temos a certeza que não houve abuso de autoridade, nem vandalismo", relatou Michael Rodrigues, que alegou ser testemunha de José Alexandre Guedes.

O conflito entre a polícia e os amigos do advogado gerou um início de tumulto nas dependências da 2ª Delegacia Distrital. O advogado foi autuado em flagrante, mas pagou fiança e foi liberado.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.