Policial

Acusados de ‘saidinhas de banco’ são presos; dupla tinha carros de luxo

Dupla foi detida em flagrante após invadir e roubar clientes no Bar do Bodão, no bairro do Cruzeiro. Dinheiro rendia estilo de vida com carros e motos de luxo.




Karoline Zilah
Com informações de Marcos Vasconcelos, da TV Paraíba

Policiais da delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande prenderam dois homens acusados de participação em uma série de assaltos na cidade, incluindo roubos em estabelecimentos e ‘saidinhas de banco’. José Alexandrino de Lima e Everton Tavares foram detidos em flagrante na noite da quarta-feira (16), horas depois de terem invadido o Bar do Bodão, no bairro do Cruzeiro, na hora do almoço.

A polícia ainda investiga a participação deles na quadrilha especializada em explosões a caixas eletrônicos nos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.

Durante a ação ocorrida ontem, eles chegaram a atirar contra um garçom. A dupla foi apresentada na manhã desta quinta-feira (17) na Central de Polícia, onde foi autuada por roubo, porte ilegal de arma e tentativa de homicídio. Conforme o delegado Iasley Almeida, ambos já haviam sido presos pelos mesmos tipos de crime.

O estilo de vida dos acusados chamou a atenção dos policiais. Segundo eles, o dinheiro proveniente dos roubos, especialmente das ‘saidinhas de banco’ comuns em Campina Grande, rendeu um patrimônio considerável, como carros e motocicletas de luxo.

Com Everton e José Alexandrino, a Polícia Civil apreendeu R$ 4 mil em dinheiro, celulares, chips telefônicos e documentos de veículos. Os acusados serão transferidos para o Presídio do Serrotão, onde aguardam decisão da Justiça.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.