Notícias

Repórter se emociona ao vivo com situação da vacinação em João Pessoa

Ítalo Di Lucena chorou ao ver a aglomeração de idosos e desorganização no Espaço Cultural.




Ítalo Di Lucena se emocionou ao vivo ao registrar aglomeração durante vacinação em João Pessoa. Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Nesta terça-feira (13), idosos foram receber a 2ª dose da vacina no Espaço Cultural, em João Pessoa, e acabaram expostos a aglomeração devido à desorganização no local. Ao vivo para o Bom Dia da Paraíba, o repórter Ítalo Di Lucena se emocionou com a situação.

>>> Prefeitura de João Pessoa deve suspender a vacinação da 2º dose para “rearrumar a casa”
>>> Assista ao vídeo completo no Bom Dia Paraíba

Os idosos, grupo de risco, estavam todos à espera, muitos chegaram de madrugada no local de vacinação e esperaram fora do Espaço Cultural, entrando após a abertura dos portões pela equipe do local – não da Secretaria Municipal de Saúde.

Foram registradas filas sem distanciamento, correria e a aglomeração dos idosos. Ao assistir ao descaso, Ítalo se emocionou ao vivo:

“Ver isso acontecer em João Pessoa, é absurdo demais. É muito absurdo. Gente que só quer tomar uma vacina, só quer se imunizar”, contou.

A vacinação aconteceu até as 12h desta terça-feira (12), com prioridade para os idosos agendados e aqueles que comprovaram que não conseguiram agendar por erro no sistema. Mesmo assim, em alguns pontos, a vacina acabou antes da hora de encerramento.

Ítalo e o cinegrafista Felipe Dias chegaram às 5h40 no Espaço Cultural e já tinha cerca de 30 carros na área do drive-thru, e mais de 150 pessoas formando uma fila. Entre às 6h e 7h aconteceu a correria, quando um funcionário abriu o Espaço Cultural.

“Vários pontos chocaram. Entre eles, a falta de resposta, não havia absolutamente ninguém da prefeitura pra dar um encaminhamento pra dizer pra essas pessoas o que fazerem; não havia uma estrutura, para que essas pessoas tivessem aguardado lá, porque apesar da vacinação começar às 8h, as pessoas chegam mais cedo porque têm medo de ficarem sem as vacinas; e o descaso mesmo com a população, porque em nenhum momento a equipe da Secretaria de Saúde de João Pessoa chegou pra dizer as pessoas que elas não iriam vacinar, o que iria atrasar”, relatou Ítalo ao JORNAL DA PARAÍBA.

A vacinação aconteceu com uma hora de atraso, além dos problemas de aglomeração, idosos relataram problemas com o cadastro no aplicativo da prefeitura, e faltaram doses ainda na manhã desta terça-feira (13).

“Quando a gente vê um público que passou mais de um ano preso em casa, recluso, com medo. Esse público sente agora que tem uma ‘esperançazinha’ distante, essa esperança é a vacina, e quando chega pra imunizar acontece isso, é constrangedor… pra muitos ali, o ano inteiro de isolamento foi perdido nesse momento, no momento que mais simboliza a saúde”, conta Ítalo.

Durante o ao vivo, Ítalo lembrou da sua avó e a imaginou na situação. Ao JORNAL DA PARAÍBA, ele contou que Dona Soledade, 92 anos, já recebeu a primeira dose da vacina e deve receber a segunda em menos de dois meses.

Alline Grisi, diretora de Vigilância em Saúde de João Pessoa, ainda no Bom Dia Paraíba, ressaltou que a vacinação acontece das 8h às 12h, e que não precisa que o público compareça aos locais de vacinação de madrugada. Alline também comunicou que os erros no aplicativo ‘Vacina JP’ estão sendo revisados.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.