Notícias

Radialista desapareceu por vontade própria alegando problemas pessoais

Radialista não foi submetido a nenhuma situação de risco e o seu desaparecimento foi voluntário.




Radialista Gustavo Régis. Foto: Reprodução/Facebook

O radialista Gustavo Régis, que teria desaparecido na última quinta-feira (18) em João Pessoa, após sair de casa para agendar uma consulta para a filha, sumiu por vontade própria. De acordo com as investigações, o radialista não foi submetido a nenhuma situação de risco e o seu desaparecimento foi voluntário e intencional, por questões pessoais .

Segundo informações da família, Gustavo Régis fez contato no início da tarde da quinta-feira, avisando que não iria almoçar em casa e seguiria direto para o trabalho na Rádio Tabajara da Paraíba. O fato estranho é que ele, de acordo com a família, sempre costumava ligar ou mandar mensagens, mas desde as primeiras horas da tarde da quinta-feira, os familiares não conseguiram mais fazer contato.

O gerente executivo de Radiodifusão da Rádio Tabajara, Berlin Carvalho, disse que o fato de Gustavo não ter ido trabalhar na quinta-feira chamou a atenção dos colegas de trabalho, que acionaram a família para comunicar o fato. Segundo Berlin, a esposa de Gustavo prestou depoimento à Polícia Civil para registrar o desaparecimento do radialista.

A delegada da Delegacia de Crimes contra a Pessoa, Emília Ferraz, informou que Gustavo não se ausentou da cidade de João Pessoa e os gastos que gerou foram conscientes. Ele também não estava em situação de cárcere privado. “Colhemos formalmente as declarações dele e foram compatíveis com o que havíamos levantado. Tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar participaram das ações de buscas”, declarou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.