Notícias

Pesquisa mostra que a Paraíba tem o segundo maior custo da construção civil do Nordeste

Custo da construção, por metro quadrado, passou para R$ 1.300,82 em março.




engenharia, arquitetura e construção crescimento imobiliário (Foto: Francisco França/Arquivo)

Foto: Francisco França/Arquivo JP

O custo da construção, por metro quadrado, na Paraíba, que em fevereiro havia fechado em R$ 1.284,78, passou para R$ 1.300,82 em março. Com esse valor, o estado tem o segundo maior custo da construção civil no Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia, com um custo de R$ 1.316,87.

O valor é superior a média do Nordeste e próximo do custo nacional, que atingiu R$ 1.338,35.

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) na Paraíba foi de 1,21% em março, ficando 1,34 ponto percentual abaixo da taxa de fevereiro (2,55%). No ano, o índice acumula alta de 5,78% e, nos últimos doze meses, de 17,08%, resultado acima dos 15,68% registrados nos doze meses anteriores.

Com alta observada na parcela dos materiais em todos os estados e acordo coletivo registrado em Mato Grosso, a região Centro-Oeste ficou com a maior variação regional em março, 1,93%. As demais regiões apresentaram os seguintes resultados: 1,06% (Norte), 1,53% (Nordeste), 1,54% (Sudeste), e 0,96 (Sul).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 1.331,86 (Norte); R$ 1.265,29 (Nordeste); R$ 1.385,56 (Sudeste); R$ 1.394,91 (Sul) e R$ 1.322,36 (Centro-Oeste).

Entre os estados, Mato Grosso teve a maior variação mensal, 3,56%, com alta na parcela de materiais e acordo coletivo firmado para as categorias profissionais.

O Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil – SINAPI, uma produção conjunta do IBGE e da Caixa Econômica Federal – Caixa, tem por objetivo a produção de séries mensais de custos e índices para o setor habitacional, e de séries mensais de salários medianos de mão de obra e preços medianos de materiais, máquinas e equipamentos e serviços da construção para os setores de saneamento básico, infraestrutura e habitação.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.