Notícias

Paraíba registra 73 mortes por Covid-19 nesta quarta-feira (31) e bate recorde pelo segundo dia seguido

São 143 mortes confirmadas na Paraíba em apenas dois dias.




Foto: divulgação/CRM-PB

A Paraíba atingiu 259.173 casos de Covid-19 e 5.744 mortes, confirmadas no boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta quarta-feira (31). Nas últimas 24 horas, 1.553 casos de coronavírus foram confirmados e 73 novas mortes foram registradas. É o segundo dia consecutivo que o estado bate o recorde no número de mortes num único boletim. Na terça-feira (30), o estado já havia registrado 70 mortes.

De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 91 pacientes foram internados em hospitais referência e 849 pacientes estão internados nas unidades de referência.

A ocupação de leitos de UTI em todo o estado ficou em 82%. Na Região Metropolitana de João Pessoa, 86% dos leitos de UTI estão ocupados; em Campina Grande, o índice é de 82%, e no Sertão 89%. Até o momento, 746.555 testes para diagnóstico da Covid-19 foram realizados e 183.668 pacientes conseguiram se recuperar da Covid-19.

Das 73 mortes por Covid-19 confirmadas, 50 aconteceram nas últimas 24 horas. Elas foram registradas em Alcantil (1), Baía da Traição (1), Bananeiras (2), Bayeux (5), Boa Vista (1), Cabedelo (5), Cajazeiras (1), Campina Grande (10), Conde (1), Cuitegi (1), Esperança (1), Itatuba (1), João Pessoa (32), Juazeirinho (1), Massaranduba (1), Pombal (1), Riacho de Santo Antônio (1), Santa Helena (1), Santa Luzia (1), Santa Rita (3), Sapé (1) e Vista Serrana (1).

Os municípios de João Pessoa, com 388 novos casos, totalizando 70.022; Campina Grande, com 113 novos casos, totalizando 23.682; Cabedelo, com 63 novos casos, totalizando 6.551; Pombal, com 54 novos casos, totalizando 2.957; Patos, com 48 novos casos, totalizando 9.964; registraram a maior parte dos novos casos de coronavírus.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.