Notícias

João Azevêdo cria comissão para organizar vacinação de trabalhadores da segurança pública

Ainda não há data prevista para essa vacinação acontecer. 




Foto: Dayse Euzébio/Secom-JP

O governador João Azevêdo determinou, nesta quarta-feira (31), a criação de uma Comissão, que será composta por representantes das Secretarias de Estado da Saúde e da Segurança e da Defesa Social, para organizar a vacinação dos profissionais da Segurança Pública incluídos pelo Ministério da Saúde no grupo das “prioridades das prioridades” do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Neste primeiro momento, serão imunizados os trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar, nas ações diretas de vacinação contra a Covid-19 e na vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria. Os demais trabalhadores da Segurança Pública que não se enquadrarem nestas atividades deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação. No entanto, ainda não há data prevista para essa vacinação acontecer.

A medida atende a um pleito dos governadores do Nordeste que solicitaram ao governo federal a inclusão das forças de segurança como prioridade na vacinação contra a Covid-19. Os gestores também reivindicaram a imunização dos profissionais da educação o mais breve possível.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.