Notícias

Idosos não recebem segunda dose da vacina contra a Covid-19 em Campina Grande

Prefeitura alega não ter recebido doses da vacina CoronaVac para completar a imunização de quem já recebeu a primeira dose.




Os idosos que estão em tempo de receber a segunda dose da vacina contra a Covid-19 vão ter que esperar chegar novas doses da vacina, em Campina Grande. A vacinação está suspensa na cidade a partir desta terça-feira (13), por falta de imunizante. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a aplicação dessa dose será retomada quando um novo lote de vacinas chegar ao município.

Mesmo passando do intervalo de 28 dias, no caso de quem tomou a vacina CoronaVac, o efeito da primeira dose não é anulado, sendo garantido que a prioridade será aplicar a segunda dose de quem está esperando, afirmou a SMS. A primeira dose para idosos acima de 61 anos também está suspensa no município.

A prefeitura de Campina Grande alegou não ter recebido nenhuma dose da vacina CoronaVac para a segunda dose dos idosos de 65 a 69 anos.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) afirmou que a cidade não recebeu as doses por ter feito uma permuta junto ao Ministério da Saúde de doses da CoronaVac por doses da AstraZeneca, o que ocasionou o não recebimento das primeiras doses na última remessa. Mesmo assim, a SES afirmou que na 12ª remessa de doses, o município recebeu 4.900 doses das duas vacinas.

A promotora de justiça de Defesa da Saúde em Campina Grande, Adriana Amorim, falou que é inadmissível os idosos não terem recebido a segunda dose e que o Ministério Público está acompanhando a situação para cobrar respostas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.