Notícias

Ambulantes protestam por retorno do trabalho na orla de João Pessoa

Protesto aconteceu nesta segunda-feira (19); ambulantes querem retorno de barracas e guarda-sóis na faixa de areia.




Ambulantes ocuparam Av. Argemiro de Figueiredo, em João Pessoa

Os ambulantes da orla de João Pessoa protestaram nesta segunda-feira (19) cobrando a prefeitura o retorno de trabalhos na faixa de areia. De acordo com o último decreto da prefeitura, a instalação de barracas e cadeiras na faixa de areia está proibido.

O JORNAL DA PARAÍBA entrou em contato com a Prefeitura de João Pessoa mas não teve resposta até a publicação desta matéria.

“Queremos que as autoridades vejam… nossa vida tá aí (na praia), e tiraram de nós. Tão suicidando ‘nós’ (sic) em casa, estamos morrendo a míngua em casa e nós queremos trabalhar”, desabafou um dos ambulantes.

Os ambulantes informaram que estão tentando reuniões com a prefeitura, mas não conseguiram. Disseram que enviaram propostas de trabalhar, ao menos, no fim de semana, em horário reduzido, com número menor de guarda-sóis e cadeiras, mas não tiveram retorno.

Ainda segundo os ambulantes, uma reunião deve acontecer ainda essa semana com a prefeitura.

O protesto interrompeu o trânsito na Avenida Argemiro de Figueiredo com a Rua Marino Oliveira Luna, no Jardim Oceania, por volta das 14h e continuava até a última atualização desta matéria. Agentes da Semob-JP estão no local.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.