Mundo

Suspensão do Paraguai será discutida

Medida será debatida durante a reunião da Cúpula da Unasul




Os representantes de 11 dos 12 países que formam a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) devem aprovar um conjunto de 30 projetos relativos à infraestrutura da região, que totalizam US$ 13 bilhões, durante a Cúpula da Unasul, no próximo dia 30, em Lima, no Peru. A única ausência é a do presidente do Paraguai, Federico Franco, porque o país está momentaneamente fora do grupo. A suspensão do Paraguai da Unasul, há cinco meses, e medidas conjuntas de segurança e defesa também estarão em discussão. As informações são da Agência Brasil.

Há ainda a expectativa de os presidentes aprovarem comunicado conjunto em defesa de ações para combater a desigualdade social, erradicar o trabalho infantil e estimular a geração de emprego.

Pelos dados do governo peruano, confirmaram presença na cúpula, além dos presidentes do Peru, Ollanta Humala, e do Uruguai, José Pepe Mujica, as presidentas Dilma Rousseff (Brasil) e Cristina Kirchner (Argentina). Ao longo desta semana, integrantes dos conselhos de Defesa Sul-Americano e de Relações Exteriores se reúnem.

Na reunião dos chefes de Estado, um dos focos é a possibilidade de antecipar o fim da suspensão do Paraguai na Unasul. Pela decisão em vigor, o país está suspenso até abril de 2013, quando ocorrem eleições gerais.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.