Mundo

Soldados sírios morrem em combates contra rebeldes

Vários militares ficaram feridos nos confrontos e os insurgentes conseguiram tomar o controle de uma posição militar próxima a Rass al-Ain.




Pelo menos 18 soldados sírios morreram ontem em combates contra rebeldes perto da fronteira turca, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. Vários militares ficaram feridos nos confrontos e os insurgentes conseguiram tomar o controle de uma posição militar próxima a Rass al-Ain, um posto de fronteira que caiu na semana passada nas mãos da rebelião, informou a ONG.

Com a intensificação do conflito na região, as autoridades turcas deslocaram cerca de mil habitantes de três aldeias situadas na fronteira com a Síria diante do temor de que os intensos combates registrados do lado sírio possam causar vítimas na Turquia.

Foram evacuados os povoados de Mursitpinar, Kendircik e Gülebale.

CERCO
Os locais se encontram próximo à cidade síria de Ain al-Arab, que foi cercada pelas forças de segurança da Turquia com blindados, armas de longo alcance e maquinários.

As autoridades turcas tomaram as medidas após a notícia de que um grupo da oposição síria estava preparando uma ofensiva em Ain al-Arab, informou a emissora cadeia.

A cidade de Ain al-Arab é palco de fortes combates entre as tropas regulares e os rebeldes do Exército Sírio Livre, assim como a cidade de Ras al-Ain. Em Ceylanpinar, do lado turco da fronteira, já houve registros de habitantes feridos por balas perdidas e impactos de estilhaços.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.