Mundo

Obama telefona para Lula e diz que Brasil pode ajudar na superação da crise

Lula disse que quer falar com Obama sobre América Latina e ONU. Norte-americano disse que admira esforços do Brasil em energia renovável.




Do G1

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira (11) e disse que espera que o Brasil seja um ator fundamental na solução da crise financeira internacional. Lula está na Itália em visita oficial e conversou com Obama durou cerca de 15 minutos. O contato foi feito por volta das 20 horas, no horário de Brasília.

Segundo o presidente eleito dos EUA, a crise não pode ser solucionada apenas com a participação do G-8, que reúne as maiores economias mundiais. Na conversa, Obama salientou a importância de um grupo amplo de discussão sobre a crise mundial.

Obama disse a Lula conhecer alguns assuntos relacionados ao Brasil e reconheceu os esforços brasileiros em três áreas: crescimento econômico, programas sociais e energia renovável. O norte-americano teria manifestado a Lula a intenção de conversar mais sobre esses tópicos com o presidente brasileiro.

Lula disse a Obama que deseja manter uma boa relação com o novo mandatário, a exemplo do que já acontece com o presidente George W. Bush.

Ele salientou que, além da agenda bilateral, quer falar com o novo presidente norte-americano sobre assuntos relativos à América Latina, à reforma da Organização das Nações Unidas, em especial à do Conselho de Segurança da entidade, e comércio internacional.

Obama se mostrou aberto à discussão e informou que não participará da reunião do G-20, que acontece no próximo dia 15, em Washington. O presidente brasileiro convidou, então, Obama para vir ao Brasil. Ele se mostrou interessado, mas não marcou nenhuma data ou deu prazos para a visita.

Ao final da conversa, Obama lembrou a Lula que tinha sido aluno de um de seus ministros, Mangabeira Unger (ministro extraordinários de Assuntos Estratégicos).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.