Esportes

Vai melhorar

Depois de dois tropeços na primeira etapa da Liga Mundial 2012, seleção brasileira conseguiu o resultado desejado e derrotou a Finlândia. 



Divulgação FIVB
Divulgação FIVB

Após as três primeiras partidas da Liga Mundial, o técnico Bernardinho fez questão de elogiar a nova formação da seleção brasileira. Sem contar com três dos principais jogadores, Giba, Murilo e Leandro Vissotto, o treinador utilizou jovens jogadores e gostou do desempenho do grupo.

“Essa é uma composição nova, de jogadores que nunca jogaram juntos. O time de hoje foi mais regular porque tivemos parte do grupo que esteve nos Jogos Pan-Americanos. O Bruno em um bom entrosamento com o Sidão e o Lucão e isso facilitou o trabalho. Os resultados não são os que gostaríamos, mas apresentamos pontos positivos nesta primeira etapa. A postura da equipe foi 100%”, disse Bernardinho.

E o treinador espera e confia na evolução do trabalho. “Todos os jogadores tentaram muito e não conseguiram ainda os melhores resultados por uma série de limitações momentâneas e isso é importante para a base do trabalho. Ainda sentimos falta de consistência, mas algo normal no início do trabalho. Sabemos que temos que melhorar os resultados e eles estão conscientes disso, mas como um primeiro passo, foi positivo”, confirmou Bernardinho.

Depois de dois tropeços na primeira etapa da Liga Mundial 2012, contra Polônia e Canadá, a seleção verde e amarela conseguiu o resultado desejado e derrotou a Finlândia por 3 sets a 1, de virada (23/25, 25/13, 25/22 e 31/29), em 1h52 de partida.

Agora, o time voltará ao Brasil e treinará no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ). No domingo, a seleção brasileira viajará para Katowice, na Polônia, onde disputará a segunda etapa, contra as mesmas equipes.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.