Esportes

Treze e Miramar fazem ‘duelo de opostos’ nesta quarta no Amigão

Dezoito pontos separam o Galo, líder isolado, do Tubarão de Cabedelo que segura a lanterna da competição.



Divulgação/TV Paraíba
Divulgação/TV Paraíba

Rostand Melo
Do Jornal da Paraíba

Para quem olha a tabela do Campeonato Paraibano, a diferença entre Treze e Miramar parece ser praticamente intransponível. São dezoito pontos que separam o Galo, líder isolado, do Tubarão de Cabedelo que segura a lanterna da competição.

Vivendo momentos tão diferentes no estadual, as duas equipes se encontram nesta quarta-feira (16), às 20h30, no estádio Amigão, em Campina Grande para um confronto de opostos. A partida, válida pela 8ª rodada, é considerada decisiva tanto para quem busca o bicampeonato, como para quem ainda tenta escapar do rebaixamento.

O time alvinegro garante que vai se manter atento. Isso porque um tropeço diante do Miramar pode atrapalhar a campanha na briga pela liderança. É o que garante o técnico Marcelo Vilar. “Não tem essa coisa de jogo fácil, tem que ter responsabilidade. Tenho pregado aos jogadores que numa competição nesse formato, de pontos corridos, temos de vencer cada jogo se quisermos nos manter na liderança até o fim. Por isso, cada jogo pra nós é uma decisão”, comentou.

A cautela do Treze tem o objetivo de evitar a ‘derrapada’ sofrida diante do Sousa, quando o líder ficou só no empate. Mas para Warley, artilheiro do Paraibano com cinco gols, a vitória do último domingo sobre o Botafogo deu novo gás à equipe e responder às criticas. “Não dá pra fazer grandes apresentações sempre. É normal ter críticas no futebol, mas cabe a nós que temos mais experiência dar tranquilidade a quem está entrando agora”, analisou.

Apesar de alguns jogadores estarem sentindo o cansaço pela sequência de jogos, a comissão técnica não deve poupar os titulares para enfrentar o Tubarão. Mesmo assim, o técnico será obrigado a mexer na equipe. Sem desfalques por suspensão disciplinar, o Galo ainda terá de enfrentar problemas com três jogadores machucados.

O lateral-direito Ferreira continua entregue ao departamento médico, mas dessa vez o treinador não vai precisar improvisar no setor já que Tigrão está de volta ao time após cumprir suspensão. O recém-contratado volante Nata ainda não poderá fazer sua estreia, já que se recupera de uma entorse no tornozelo. Márcio Pinho, ainda com dores musculares, também desfalca a cabeça de área. O meia Dóda, recém-contratado, já está regularizado e poderá entrar na lista de relacionados.

Um dos trunfos do técnico Marcelo Vilar para manter a equipe na ponta é a defesa, setor onde a diferença de desempenho entre Treze e Miramar fica mais evidente nas estatísticas do Campeonato Paraibano. Enquanto o Galo tem a defesa menos vazada do estadual com apenas quatro gols sofridos em sete jogos, o Tubarão amarga a pior defesa da competição, tendo sofrido 16 gols em sete jogos. “Só aumenta nossa responsabilidade”, afirma o zagueiro Anderson, que volta depois de suspensão.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.