Esportes

Sem futebol, maiores estádios da Paraíba passam por manutenção no gramado durante pandemia

Almeidão, Amigão, Perpetão e Vila Olímpica Parahyba estão recebendo os reparos.




O Amigão, em Campina Grande, recebeu um novo corte nesta sexta-feira (24). Foto: Ascânio Pacelli/Sejel-PB

Sem bola rolando, por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus, os estádios da Paraíba estão passando por um processo de manutenção dos seus gramados. Almeidão em João Pessoa, Amigão em Campina Grande e Perpetão em Cajazeiras estão ficando prontos para quando o Campeonato Paraibano for retomado, ofereça um ‘tapete’ de qualidade para os jogadores.

Outro gramado que está passando por reparos é o da Vila Olímpica Parahyba, em João Pessoa. O local é utilizado principalmente para atividades de iniciação esportiva (escolinhas) e está fechado para receber estes cuidados.

O gerente executivo das Unidades Desportivas Descentralizadas da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) do Governo da Paraíba, Harlen Vilarim, afirmou que o foco é a realização das séries C e D do Campeonato Brasileiro, que serão disputadas exatamente nestes estádios.

“A manutenção está sendo feita com serviços de adubação, irrigação, retirada de ervas daninhas e os cortes, além de outros reparos. Estas três praças esportivas, principalmente, vão receber jogos do Campeonato Brasileiro e as últimas rodadas do Campeonato Paraibano, assim que houver uma liberação por parte das autoridades que estão acompanhando este cenário da saúde pública”, disse.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.