Esportes

Seleção Brasileira faz amistoso sem testes fortes

Seleção faz primeiro amistoso do ano às 16h desta terça-feira (28) na Suíça.



Rafael Ribeiro/CBF News
Rafael Ribeiro/CBF News

A Seleção Brasileira faz seu primeiro amistoso em 2012 nesta terça-feira, às 16h, na AFG Arena, em St. Gallen, na Suíça. O duelo começa a despertar o interesse do público por conta da proximidade com a Copa do Mundo de 2014, que será disputada no Brasil. Existe a preocupação com a necessidade do técnico Mano Menezes de começar a dar uma cara ao time que lutará para ser campeão mundial em casa.

O rival neste encontro, porém, não chega a proporcionar um teste muito forte. Na 19ª colocação do Ranking da Fifa, onde o Brasil é apenas o sétimo, a Bósnia não jogará a Eurocopa deste ano, pois foi eliminada por Portugal na repescagem, com direito a uma humilhante goleada por 6 a 2.

Mano Menezes, técnico da Seleção Brasileira, acredita que o amistoso desta terça-feira terá a sua utilidade e não vê a Bósnia como um adversário tão tranquilo de ser batido.

“Acredito que será um teste importante para a Seleção Brasileira, pois vamos encontrar um time que tem um bom toque de bola e um sistema defensivo que pode nos dar um certo trabalho. Além disso, é sempre bom reunir o grupo para uma partida oficial”, disse Mano.

O treinador reconheceu que não está podendo contar com todos os jogadores que gostaria por conta do início de temporada no Brasil. “A preparação para o jogo não é a ideal e também não estamos podendo contar com todos os jogadores que gostaríamos, pois a temporada está apenas começando no Brasil. Mas temos que saber lidar com as adversidades e vou tirar o máximo de proveito deste amistoso”, disse Mano.

A Seleção Brasileira vai apresentar neste jogo a defesa que é considerada ideal por Mano Menezes, com Julio Cesar no gol, Daniel Alves e Marcelo nas laterais e uma dupla de zaga composta por David Luiz e Thiago Silva. Porém, Dedé, se mantiver a regularidade, pode acabar gerando algum tipo de dúvida na cabeça do treinador. Na frente, Neymar e Ronaldinho Gaúcho são nomes que Mano não deverá abrir mão até o Mundial.

“O momento exige a manutenção da base para a formação da equipe que vai disputar a Copa do Mundo daqui a dois anos e a Copa das Confederações, já em 2013. Por isso vocês podem perceber uma continuidade em relação ao que foi visto nos principais amistosos que disputamos em 2011”, afirmou o treinador da Seleção Brasileira.

Pelo lado da Bósnia, o técnico Safet Susic já começa a planejar o grupo que vai tentar uma vaga na Copa do Mundo do Brasil a partir do fim deste ano, quando começam as Eliminatórias na Europa. O treinador manteve a base que disputou a repescagem contra Portugal.

“Nós temos que pensar no futuro e planejar as próximas competições, procurando renovar o nosso grupo dentro do possível e contar com peças que realmente possam nos ser úteis na luta por uma vaga na Copa do Mundo no Brasil. Estamos procurando amistosos fortes, que possam nos dar a real dimensão do que podemos planejar”, afirmou Safet Susic.

A equipe que vai a campo diante do Brasil tem como principais atrações o meia Miralem Pjanic, da Roma, da Itália, e a dupla de atacantes, composta por Edin Dzeko, do Manchester City, e Vedad Ibisevic, do Stuttgart.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.